O marco zero do Recife é o ponto inicial das estradas que cortam o Estado, implantado em 1938 pelo Automóvel Clube de Pernambuco. Localizada no bairro do Recife Antigo, entre as ruas Marquês de Olinda, Rio Branco e Barbosa Lima, na praça existe um busto do Barão do Rio Branco, escultura do francês Felix Charpeutier, colocada ali em 1917.

Em 1999, a praça foi reformada através do projeto "Eu vi o Mundo...Ele começava no Recife" e ganhou um painel do artista Cícero Dias e um farol de Francisco Brennand.