Núcleo residencial (aldeia) de escravos negros fugitivos, geralmente formado longe das cidades, preparado para resistir aos ataques dos senhores de escravos. Seus habitantes eram denominados quilombolas.

A mais importante dessas organizações sociais que se formaram para lutar contra a escravidão foi o Quilombo dos Palmares estabelecido em território atualmente pertencente aos Estados de Alagoas e Pernambuco.

Atualmente, quilombo designa, também, um folguedo popular apresentado, no interior alagoano, durante as festas natalinas: dois grupos, figurando índios e negros fugidos, vestidos a caráter e armados, encenam uma luta pela posse da rainha índia; o espetáculo (também denominado Toré) termina com a derrota dos negros que são vendidos como escravos aos espectadores.