Decretada a 13/12/1966, por mais de dois mil trabalhadores rurais do município do Cabo, foi a primeira greve de trabalhadores brasileiros depois do golpe militar de 1964. Os agricultores, sob a liderança da direção do seu sindicato e com apoio do movimento estudantil, exigiam pagamento de 13º salário, férias e assinatura da carteira de trabalho.