Área territorial onde hoje fica o oeste baiano e que anteriormente pertencia ao Estado de Pernambuco. A perda dessa área ocorreu como uma punição a Pernambuco por conta do Estado ter desencadeado o movimento separatista denominado Confederação do Equador.
Sufocado o movimento, Dom Pedro I desanexou a Comarca do São Francisco do território pernambucano e anexou-a "provisoriamente" a Minas Gerais, a 14/06/1824.

Depois, a 15/10/1827, o imperador anexou (também "provisoriamente") o território ao Estado da Bahia.

É uma área de terras férteis e a única região do sertão que dispõe de rios perenes. Com a perda da Comarca do São Francisco, Pernambuco teve sua extensão territorial reduzida de 250 mil km2 para os 98.938 km2 do seu atual território.