Político e empresário, Paulo Pessoa Guerra nasceu em Nazaré da Mata, a 10/12/1916. Advogado (concluiu o curso de Direito em 1939, no Recife), foi um dos maiores criadores de gado do Nordeste. Foi prefeito de Orobó (1938/40) e de Bezerros (1940/41), deputado federal Constituinte (1946/50), reeleito (1950/54), deputado estadual em duas legislaturas (1954/58 e 1958/62).

Elege-se vice-governador em 1962, assumindo o cargo a 02/04/1964 depois que o golpe militar destituiu e prendeu o então governador Miguel Arraes.

Foi, ainda, delegado distrital da Capital em 1941 e diretor da Penitenciária Agrícola de Itamaracá (1942/45). Era, ainda, proprietário de cartório no Recife.

Quando entrou na política, era filiado ao antigo PSD e, no final dos anos 1960, quando dominava 80% dos diretórios municipais da Arena em Pernambuco, foi o primeiro a se apresentar como postulante a uma vaga de senador "biônico".

Morreu no Recife, em 1977.