Escultor, José Alves da Silva, o Bigode, nasceu em 1929, em Goiana, onde começou a trabalhar em madeira aos seis anos de idade. Suas primeiras peças foram duas bonecas, esculpidas em mulungu para suas irmãs. Depois, começou a produzir santos.

Em Olinda, para onde mudou-se em 1949, foi sapateiro, especializando-se na produção de sapatos Luiz XV "para moças ricas". No final da década de 1960, abraçou de vez a profissão de escultor e entalhador e suas peças ganharam fama. Chegou a ministrar vários cursos para artesãos mirins na Região Metropolitana do Recife.

Produz especialmente santos, anjos, Cristo, Buda etc. Suas peças variam de 60 cm a um metro, esculpidas ou entalhadas em madeira velha ou sobras que compra na serrarias.