Militar e senhor de engenho, nasceu em Serinhaem, em 1801. Durante a GUERRA DA INDEPENDÊNCIA DA BAHIA, em 1823, participou dos combates em Pirajá. Em Pernambuco, em 1824, combateu os revoltosos do movimento separatista Confederação do Equador.

Em 1831, foi demitido do cargo de comandante das armas em Pernambuco, por pertencer ao grupo que defendia o retorno de D. Pedro I após a abdicação do imperador. Posteriormente reconduzido ao cargo de tenente-coronel, morreu no Recife, a 15-05-1862.