Ator, Joisé do Rego Barreto Júnior nasceu no município do Cabo, a 05/06/1903. Foi o galã do primeiro filme rodado em Pernambuco ("Retribuição", 1923). No teatro, seu forte, atuou durante 50 anos, tendo encenado mais de 200 peças, principalmente comédia.

Era conhecido como o rei da chanchada. Fundador e proprietário do Teatro Marrocos, localizado nas proximidades da Praça da República, centro do Recife, onde entre os anos 1958 e 1970 levou ao público da cidade sessões de strip tease e teatro de revista.

Ganhador do Troféu Mambembe, em 1978, do Serviço Nacional de Teatro, juntamente com Paschoal Carlos Magno. Percorreu quase todo o interior do Brasil, inclusive todo o Amazonas, de caminhão, gaiola, lombo de burro, tendo ganhado o rótulo de Rondon do teatro brasileiro.

Durante o governo Vargas, recebia ajuda de 50 contos por ano (dinheirão à época), para continuar levando o teatro a pequenas comunidades.

Teve seus primeiros contatos com o teatro na escola, em Vitória de Santo Antão, quando ainda adolescente, mas nunca chegou a estudar artes cênicas. Aos 20 anos, ingressou na Companhia de Leonardo Siqueira, do Pará.

Depois, atuou na Companhia de Brandão Sobrinho, Opereta Portuguesa e outras, até fundar sua Companhia de Comédia Barreto Júnior.

Morreu no Recife, a 21 de dezembro de 1983.