Com área que não chega a meio quilômetro quadrado de extensão, o bairro de Santana foi criado pelo decreto municipal nº 14.452, de 1988.

Está localizado numa das regiões mais nobres do Recife, entre os bairros de Parnamirim, Poço da Panela e Casa Forte.

O bairro começa na Rua Dona Olegarina e termina no Largo do Parnamirim. Possui duas praças e um parque: Parque Santana e Praças Flor de Santana e Jornalista F. Pessoa de Queiroz.

Em 2000, de acordo com o Censo do IBGE, o bairro tinha uma população de2.076 habitantes, com densidade demográfica de 46,13 habitantes por hectare.

O total de ruas era 33, somando elas um total de 477 imóveis residenciais e 83 imóveis não-residenciais.

No livro Arredores do Recife, o historiador Pereira da Costa faz a seguinte referência à área onde hoje está o bairro de Santana:

 “No final do século XVII existia uma localidade chamada Poço da Panela, que pertencia às terras do Engenho Casa Forte, fundado por Diogo Gonçalves. O engenho ficava na margem esquerda do Rio Capibaribe, num sítio que depois passou a ser chamado de Sant’Ana.”