Grupo de artesãos do município de Ibimirim, no Sertão do Moxotó, (338 km do Recife), que sobrevive da produção de imagens de santo em madeira. Consta que a atividade chegou ali na década de 1960, por iniciativa de Zefinha Paulino, que foi a primeira pessoa a se dedicar a esse tipo de trabalho. Eles rejeitam as máquinas que produzem imagens semelhantes em série, executando seu trabalho totalmente manual.Entre esses artesãos, está Gilberto Paulino, filho da pioneira.