Fundada, no Recife-PE, a 26 de janeiro de 1901, por iniciativa do romancista Carneiro Vilela. Foi a primeira no Brasil a aceitar, entre seus imortais, uma mulher: a escritora Edwiges de Sá Pereira, eleita em 1920. Localizada, atualmente, na Avenida Rui Barbosa, bairro dos Aflitos, num antigo solar de 1870.