São agremiações surgidas no início do Século XX, da fusão de elementos da Troça e do Clube de Rua e que também sofreram influências dos ranchos cariocas, ranchos de Reis e dos Pastoris. Os blocos foram criados por famílias ricas do Recife que não se dispunham brincar o carnaval misturadas ao povo. Uma característica do bloco é que, ao contrário dos Clubes e Troças, todas as suas composições musicais têm letras.