Clube carnavalesco fundado a 19/01/1919, no bairro de Casa Amarela, Recife. Surgiu de uma história amorosa entre o presidente da troça "Quitandeiras" e uma certa dona Florípedes. Dona Flor (como era chamada), enciumada exigiu que o seu amante abandonasse a troça, o que aconteceu. Mas, logo depois, ele resolveu fundar outra agremiação que denominou Troça Carnavalesca Amante da Flor. Em seguida, o nome foi alterado para Amante das Flores.