curta nossa página no facebook / Like us at Facebook Entre em nossa comunidade do orkut / Join us at orkut Siga-nos no Twiiter / Follow us at TwitterSiga-nos no Linkedin / Follow us at LinkedInAdicione-nos em seu círculos / Add us at your circles

Rio São Francisco

É o mais importante do Nordeste e um dos principais rios brasileiros. Tem suas nascentes no estado de Minas Gerais, na Serra da Canastra, e percorre 2.700 quilômetros, banhando parte dos estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco e Alagoas. Deságua no Oceano Atlântico, num ponto situado na divisa de Alagoas com Sergipe.

Seus mais importantes afluentes são: rios das Velhas, Paracatu, Corrente, Grande, Urucaia e Carinhanha. Nos dias de hoje, o principal aproveitamento do rio é no setor de geração de energia elétrica.

Ao longo do seu curso, a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco - CHESF - mantém uma série de usinas que fornecem energia para todo o Nordeste. Além disso, as águas do rio também são utilizadas na agricultura irrigada. Estão no Vale do São Francisco importantes núcleos de produção de frutas para exportação e de uva para o fabrico de vinhos.

O Vale do São Francisco tem uma extensão de 640.000 km2, área em que cabem sete países do tamanho de Portugal e que representa 7,5% da área total do Brasil.

Mais da metade (57%) da área total de sua bacia está no Polígono das Secas, o que já motivou a elaboração de inúmeros projetos (nenhum efetivado) de desvio de suas águas para amenizar o drama da população nordestina que sofre com as estiagens. Minas Gerais ocupa 37% da área da bacia.

O Rio São Francisco já teve 1.300 km de seu trecho navegável e foi através de suas águas que chegaram os povoadores dos sertões brasileiros. A partir de 1663, a margem direita do Rio São Francisco é transformada em área de criação de gado, porque no litoral a criação era impossível por causa das plantações.

Os pioneiros vão substituindo por baiadas os índios que encontram no caminho. Em 1690 estoura no sertão a notícia da descoberta do ouro em Minas Gerais e as embarcações se multiplicam rio abaixo, rio acima.

No fim do Século XVII, o gado gordo e o ouro farto já não existem e com a transferência da capital do Brasil de Salvador para o Rio de Janeiro, em 1763, inicia-se o abandono do vale por parte do governo.

A mais tradicional embarcação que circulou pelo São Francisco foi a chamada "Gaiola", barco a vapor que transportava centenas de pessoas e trazia na proa uma carranca - estranha escultura em madeira utilizada para afugentar os maus espíritos. Consta que é de 1870 o primeiro barco desse tipo.

O período de exploração do rio para a produção de energia elétrica tem início em 1910, quando o empresário cearense Delmiro Gouveia decide construir na Cachoeira de Paulo Afonso uma pequena usina (v. CHESF). O rio foi descoberto por Américo Vespúcio, a 04 de outubro (dia de São Francisco) de 1501.

Powered by Bullraider.com

Parceiros

Publicidade

PE A-Z © Todos os direitos reservados

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco