curta nossa página no facebook / Like us at Facebook Entre em nossa comunidade do orkut / Join us at orkut Siga-nos no Twiiter / Follow us at TwitterSiga-nos no Linkedin / Follow us at LinkedInAdicione-nos em seu círculos / Add us at your circles

Santa Cruz do Capibaribe

santa cruz capibaribe 01 aHistórico

A história da povoação de Santa Cruz do Capibaribe tem início por volta de 1750, quando o português Antônio Burgos, que procurava um local de clima salubre devido a recomendações médicas, se instala com a família e os escravos no Agreste de Pernambuco.

Ali, na confluência do Rio Capibaribe com o Riacho Tapera, Antônio Burgos, que era muito religioso, mandou construir uma pequena Capela em trono da qual surgiria um povoado. Na frente dessa Capela, ele colocou uma grande cruz de madeira, o que teria originado o nome da comunidade.

O Distrito, subordinado ao Município de Taquaritinga do Norte, foi criado a 18/04/1892 sob o nome de Santa Cruz e a 31/12/1943 passou a chamar-se apenas Capibaribe. Foi elevado à categoria de município, já sob o nome Santa Cruz do Capibaribe, a 29/12/1953, pela lei estadual nº 1818.

Quem nasce em Santa Cruz do Capibaribe é santa-cruzense.

Base econômica

O município de Santa Cruz do Capibaribe tem sua economia baseada na produção e venda de confecções. O município é o maior produtor de confecções do Estado de Pernambuco e possui o maior parque de feira de confecções da América Latina, construído numa área total de 32 hectares, com área coberta de 120.000 m², com 9.312 boxes e 858 lojas, 06 praças de alimentação, estacionamento para mais de 4.000 veículos, 24 dormitórios, totalizando 3.000 leitos.

Juntamente com Toritama e Caruaru, o município de Santa Cruz do Capibaribe forma o chamado Triângulo das Confecções e é também conhecido como a Capital da Sulanca. O termo surgiu na década de 1960, quando moradores da cidade iniciaram a produção de peças de vestuário com tecidos (inclusive helanca) trazidos do Estado de São Paulo que muita gente em Pernambuco diz ficar “no Sul do País”. Daí as peças ganharam o nome de “roupa de sulanca”.

Quando surgiu, a Feira da Sulanca de Santa Cruz do Capibaribe era formada por alguns bancos de feira enfileirados numa rua da cidade, onde comerciantes vendiam, sempre à noite, apenas sobras de tecidos (retalhos) trazidas das grandes indústrias de São Paulo. Em seguida, vieram algumas peças de vestuário confeccionadas ali de forma artesanal. Depois, a feira cresceu e hoje, além de ser o maior pólo de confecções do Nordeste brasileiro, também comercializa outros produtos.

Ainda quando se limitava apenas à venda de roupas, a Feira da Sulanca deu grande impulso à economia de Santa Cruz do Capibaribe, fazendo surgir na cidade centenas de empresas familiares. Entre 1976 e 1980, o número de máquinas de costura vendidas na cidade foi tão grande que um dirigente da fábrica Plaff veio da Alemanha para observar pessoalmente o que estava acontecendo no Agreste pernambucano. Atualmente, o índice de desemprego na cidade é praticamente zero.

A feira funciona, principalmente, como uma espécie de atacado para centenas de pequenos comerciantes de outras cidades de vários pontos do Brasil, que chegam de carros e dezenas de ônibus fretados.

Festas e Feriados

Além dos feriados nacionais e estaduais, Santa Cruz do Capibaribe segue os seguintes feriados municipais:

05 de outubro: data de falecimento do Padre Zuzinha
29 de setembro: festa dos padroeiros da cidade
29 de dezembro: data de emancipação política

Entre as mais animadas festas na cidade está a Festa do Cobertor, realizada a 1º de maio, com decoração de ruas inteiras, shows de bandas e cantores famosos, barracas com bebidas e comidas típicas etc. A festa é uma celebração ao cobertor (ou lençol) que foi o primeiro produto confeccionado ali a ser comercializado na Feira da Sulanca.

Dados gerais

Localização: Agreste Setentrional, 192 km do Recife.
Área: 430 km2
Solo: Argiloso, arenoso, pedregoso e rochoso
Relevo: Suave ondulado
Vegetação: Caatinga hipoxerófila
Ocorrência mineral: Rochosa
Precipitação pluviométrica média anual: 242,0 milímetros
Meses chuvosos: Fevereiro - Junho
População: 87.538 habitantes (IBGE 2010)
Eleitorado: 50.042 eleitores (TRE 2010)
Dia de feira: Segunda-feira a quinta-feira
Data de comemoração da emancipação política: 29 de dezembro
Prefeito: Edson de Souza Vieira (PDSB)
Vice-Prefeito: Dimas Pereira Dantas (PP)
Padroeiros: São Miguel e Senhor Bom Jesus dos Aflitos

Serviços

Prefeitura/endereço:
Av. Padre Zuzinha, 178 - CEP: 56.190-000
Telefones: (87) 3731-1497 - (87) 3731-2930

Câmara Municipal
Rua Manoel Rufino de Melo, 100, Centro - CEP: 55.190-000
Telefone: (87) 3731-1397

Moda Center Santa Cruz
Rodovia PE 160 - Km 12 - Telefone: (0XX 81) 3759-1000 - CEP 55.190-000 - Santa Cruz do Capibaribe - Pernambuco

Vereadores (17):
Antonio Gomes Bezerra Junior (PSB)
Deomedes Alves de Brito (PT)
Ernesto Lázaro Maia (PTB)
Helio Lima Aragão Filho (PTB)
José Afranio Marques de Melo (PDT)
José Bezerra da Costa (PSDB)
José Carlos da Silva (PSL)
José Elias Filho (PTB)
José Fernando Arruda Aragão (PTB)
José Manoel de Lima (PSDB)
José Moura Filho (PTB)
José Raimundo Ramos (PSDB)
José Ronaldo Paca (PSDC)
Klemerson Ferreira de Souza (PMN)
Ligivanio Vieira da Silva (PSDB)
Luciano Silva Bezerra (PR)
Narah (PR)yscilla Bezerra Leandro (PSB)

 

Powered by Bullraider.com

Parceiros

Publicidade

PE A-Z © Todos os direitos reservados

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco