curta nossa página no facebook / Like us at Facebook Entre em nossa comunidade do orkut / Join us at orkut Siga-nos no Twiiter / Follow us at TwitterSiga-nos no Linkedin / Follow us at LinkedInAdicione-nos em seu círculos / Add us at your circles

Salgueiro

salgueiro 03Histórico

A cidade de Salgueiro surgiu de uma fazenda de criação de gado, denominada Sítio Boa Vista, de propriedade do capitão Manuel de Sá, que mandou construir em suas terras, embaixo de um salgueiro, uma capela dedicada a Santo Antônio, como pagamento de uma promessa.

Posteriormente, o local tornou-se um povoado que, a 12 de maio de 1853, foi elevado à condição de freguesia, sob o nome de Santo Antônio do Salgueiro. O município de Salgueiro foi criado a 30 de abril de 1864, desmembrado do território do município de Cabrobó.

Dados gerais

Localização: Sertão Central, distante 518 km do Recife.
Área: 1.571 km2
Solo: Arenoso, pedregoso e rochoso
Relevo: Suave ondulado, forte ondulado e montanhoso
Vegetação: Floresta subcaducifólia
Ocorrência mineral: Granitos
Precipitação pluviométrica média anual: 949,6 milímetros
Meses chuvosos: Dezembro - Março
População: 56.641 habitantes (IBGE 2010)
Eleitorado: 37.187 eleitores (TRE 2010)
Dia de feira: Sábado
Data de comemoração da emancipação política: 30 de abril
Prefeito: Marcones Libório de Sá (PSB)
Vice-Prefeito: Luiz Carlos de Souza (PSB)
Padroeiro: Santo Antônio

Peculiaridades

Localizado entre serras que hoje atraem desportistas aventureiros, Salgueiro é um dos mais representativos municípios de todo o Sertão pernambucano e já foi rota de passagem para figuras como Lampião (o Rei do Cangaço) e Padre Cícero que ali procurou abrigo quando fugiu do Ceará.

O município também guarda histórias como a de ter sediado a reunião que deu origem à Sudene. Tem, entre seus filhos ilustres, alguns dos melhores artesãos do Estado e é um importante sítio arqueológico do Nordeste brasileiro.

Além disso, Salgueiro abriga em um dos seus distritos – Conceição das Crioulas- a mais organizada comunidade negra, remanescente dos Quilombos, que resiste em território pernambucano.

Enfim, o município de Salgueiro é uma excelente opção para o turismo cultural.

Em Conceição das Crioulas, a raça e a resistência negra

Quem quiser conhecer um pouco da história e da cultura dos negros brasileiros não pode abrir mão de uma visita a Conceição das Crioulas, a mais organizada e uma das mais representativas das 40 Quilombolas (comunidades remanescentes dos Quilombos) existentes no Estado de Pernambuco.

Localizado no município de Salgueiro, a 42 quilômetros da área urbana, o povoado tem cerca de quatro mil habitantes que, além da pequena agricultura, sobrevivem da produção de artesanato. Ali, praticamente todos os moradores são descendentes de escravos e, segundo os estudiosos, a comunidade é um dos maiores exemplos da resistência negra no Brasil.

Consta que Conceição das Crioulas surgiu no início do Século XIX, quando seis negras livres chegaram àquela região do Sertão pernambucano e arrendaram uma quadra de terra de aproximadamente 18 quilômetros, onde passaram a trabalhar na fiação de algodão. Para pagar pelo uso da terra, as negras vendiam na cidade de Flores tudo o que produziam.

Com o passar do tempo, elas acabaram conquistando a posse do terreno. Os homens chegariam em seguida. Um deles, fugido da guerra, trouxe uma imagem de Nossa Senhora da Conceição e, ao encontrar as crioulas, sugeriu que fosse construída ali uma capela e que a santa fosse declarada padroeira do lugar.

Assim foi feito e assim surgiu o nome da comunidade: Conceição das Crioulas. Que atualmente é um povoado extremamente organizado: conta com uma associação comunitária, um jornal e página na Internet. A produção artesanal dos moradores tem pontos de vendas em vários Estados brasileiros.

Os habitantes de Conceição das Crioulas não estão concentrados em um único núcleo residencial, mas em vários sítios. Produzem artesanato utilitário em barro, corda com fibra de caroá, vassouras com palha de catolé e bonecas de pano de vários tamanhos, pretas, representando as mulheres que fizeram parte da história da comunidade.

Na zona rural, o Mestre preferido do Rei do Baião

Vaqueiro e um dos mais famosos artesãos do couro em Pernambuco, José Luiz Barbosa, o Zé do Mestre, nasceu em 1932, na zona rural do município de Salgueiro, onde vive até hoje. Aprendeu o ofício com o pai, conhecido na região por Mestre Luiz, vindo daí o apelido de Zé do Mestre.

Sua especialidade é a produção das peças que compõem os equipamentos e a vestimenta típica do vaqueiro nordestino: gibão, perneira, chapéu, bota, luva, guarda-peito (proteção para a barriga), chicote e corda de relho para amarrar o boi. Tudo no mais resistente couro.

Trabalha, com ajuda da mulher, na casa onde mora, no sítio Cacimbinha, a 14 km do centro de Salgueiro. Era a ele que o compositor Luiz Gonzaga (já falecido) confiava a produção das roupas de couro que usava nos shows.

Zé do Mestre já confeccionou gibão para autoridades como presidente da República, o rei Juan Carlos, da Espanha, e tem peças no Museu Missionário, no Vaticano. Depois que o tradicional vaqueiro tornou-se uma figura rara no sertão e a encomenda de gibão caiu praticamente a zero, ele iniciou a produção de peças em miniatura, vendidas na feira da cidade.

casa onde Zé do Mestre mora é um verdadeiro museu. Ali o artesão guarda algumas peças antigas e instrumentos de trabalho seculares. Seu maior sonho é transformar o local numa escola, para repassar aos jovens os segredos da produção artesanal da indumentária do vaqueiro. “É preciso não deixar essa arte morrer”, diz.

Serviços

Prefeitura/endereço:
Rua Joaquim Sampaio, 279 - CEP: 56.000-000
Telefones: (87) 3871-0052 - (87) 3871-1644

Câmara Municipal
Rua Urbano de Sá, 14 - Bairro – Centro - CEP: 56.000-000
Telefones: (87) 3871-0870 - (87) 3871-2794 Fax: (87) 3871-2796

Vereadores (14):
Andre Luiz Alves Neves de Souza (PSB)
Augusto Matias Neto (DEM)
Aumir Ferreira Alves (PMDB)
Auremar de Carvalho Barros (PP)
Ednaldo Barros Cruz (PTB)
Eugenio Manoel Bezerra (PSB)
Hercílio de Alencar Carvalho (PT)
José Carlos de Carvalho Parente (PSB)
Juliano Gomes de Barros (PTN)
Marcio Nemedio Nogueira Alves (PRB)
Maria de Fátima de Carvalho Almeida (PSB)
Paulo Afonso Valença Sampaio (DEM)
Pedro Pereira de Lima (PV)
Raimunda Barros de Oliveira Lisboa (PDT)

Hospedagem

1 - Hotel Imperador
R. João V. de Siqueira, 140 - BR 116 - N. Srª Aparecida. Tel.: (87) 3871-0010

2 - Salgueiro Plaza Hotel
Av. Cel Veremundo Soares, 551 - Planalto. Tel.: (87) 3871-1367

3 - Mustang Hotel
R. Joaquim Sampaio, 158 - N. Srª das Graças. Tel.: (87) 3871-1387

4 - Sertão Hotel
Av. Major Antônio Rufino, 1080 - N. Srª das Graças. Tel.: (87) 3871-0024

5 - Talismã Hotel
Tv. Lourival Sampaio, 275 - N. Srª das Graças. Tel.: (87) 3871-3729

 

Powered by Bullraider.com

Parceiros

Publicidade

PE A-Z © Todos os direitos reservados

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco