curta nossa página no facebook / Like us at Facebook Entre em nossa comunidade do orkut / Join us at orkut Siga-nos no Twiiter / Follow us at TwitterSiga-nos no Linkedin / Follow us at LinkedInAdicione-nos em seu círculos / Add us at your circles

Belém de São Francisco

belem-francisco-01Histórico

O povoado de Belém de São Francisco surgiu a partir de uma fazenda pertencente a Antônio de Sá Araújo, que em 1830 se estabeleceu às margens do Rio São Francisco, em terras do município de Cabrobó.

Entre 1839 e 1840, durante uma das chamadas Santas Missões, tendo à frente o padre Francisco Correia, foi lançada a pedra fundamental de uma capela consagrada a Nossa Senhora do Patrocínio.

A 13 de junho de 1902, pela lei estadual n° 553, a povoação foi elevada à categoria de vila, com o nome de Belém. A 07 de maio de 1903, pela lei estadual n° 597, a vila foi elevada à categoria de cidade. Em 1953, passou a chamar-se Belém do São Francisco.

Alterações do nome do município: de Belém para Belém de Cabrobó, pela lei estadual nº 1641, de 10 de maio de 1924; de Belém de Cabrobó para Belém, pela lei estadual nº 1931, de 11 de setembro de 1928; de Belém para Jatinã , pelo decreto-lei estadual nº 952, de 31 de dezembro 1943; de Jatinã para Belém de São Francisco, pela lei estadual nº 1771, de 08 de dezembro de 1953.

Quem nasce em Belém de São Francisco é belenita ou belenense.

Dados gerais

Localização: Sertão de Itaparica, distante 486 km do Recife.
Área: 1.785 km2
Solo: Argiloso, arenoso pedregoso
Relevo: Suave ondulado
Vegetação: Caatinga hiperxerófila
Ocorrência mineral: Quartzo
Precipitação pluviométrica média anual: 691,2 milímetros
Meses chuvosos: Março - Dezembro
População: 20.236 habitantes (IBGE 2010)
Eleitorado: 13.906 eleitores (TRE 2010)
Dia de feira: Sábado
Data de comemoração da emancipação política: 07 de maio
Prefeito: Gustavo Henrique Granja Caribé (PSB)
Vice-Prefeito: Cristiano Marcula de Almeida Lima (PTC)
Padroeiro: Nossa Senhora do Patrocínio

Base econômica

Agricultura, sobretudo a fruticultura irrigada, com exportações para a Europa, Japão e América do Norte. Além disso, outros destaques são a caprino-ovinocultura e a apicultura. Uma curiosidade: na década de 1970, Belém chegou a ser o maior produtor brasileiro de cebola, posição perdida depois da entrada do produto argentino.

Peculiaridades

Localizada no Sertão do São Francisco, a cidade de Belém do São Francisco tem um dos maiores potenciais turísticos do interior do Estado. É no território desse município, por exemplo, que fica a maior concentração de ilhas fluviais do Brasil: são nada menos que 88 ilhas, umas pequenas, outras maiores, todas formadas pelas águas do "Velho Chico".

E mais: a leste do território municipal está o imenso Lago de Itaparica, formado em decorrência da construção de uma hidrelétrica e que é hoje um importante local de competições náuticas de alcance nacional.

Mas, a representatividade de Belém não está apenas nas águas do Rio São Francisco. A cidade tem importância histórica em todo o Estado e uma grande tradição cultural. Um exemplo: Belém do São Francisco foi a primeira cidade no Brasil a introduzir no seu carnaval os bonecos gigantes, fato ocorrido em 1919 –antes mesmo da cidade de Olinda, que hoje tem nesses bonecos um dos seus principais cartões de visita.

No artesanato, Belém do São Francisco tem destaques para louças, crochê e móveis rústicos. E outra tradição cultural da cidade são Os Penitentes, grupo de homens que se auto-flagelam durante a Semana Santa.

O núcleo urbano de Belém estava originalmente localizado numa área bem próxima ao leito do Rio São Francisco, mas teve que ser transferido para um local mais acima depois que uma enchente, em 1919, arrasou praticamente tudo, deixando de pé somente um prédio: exatamente o da Igreja de Nossa Senhora do Patrocínio, padroeira da cidade.

Foi, aliás, essa avassaladora enchente de 1919 que acabou colocando Belém do São Francisco no rol das primeiras cidades planejadas do Brasil. Para a reconstrução do seu casario, o traçado das ruas da cidade foi definido com base na planejada experiência de Belo Horizonte, em Minas Gerais.

Potencialidades turísticas: Casario e conjunto de igrejas do período colonial, bicas, praias fluviais, Ilha do Caxauí. Confira alguns dos principais atrativos do município:

Ilha de Caxauí - Ilhota com cerca de 2 hectares, plana com uma pequena inclinação e vegetação de caatinga. Tem área própria para banho, com profundidade variável, possibilitando a ancoragem natural para pequenas e médias embarcações. O maior atrativo é um banho de bica em pleno Rio.

Bica do Porto da Barra - Construída em rocha granítica, tem 2 metros de altura, vegetação de caatinga no seu entorno e solo argiloso e de cascalho. Localizada na orla do Rio São Francisco, tem ponto de ancoragem de balsas e restaurante.

Bica do Tadeu - Situada na Fazenda do Tadeu, as margens do Rio São Francisco, a bica tem altura de 2 metros.

Igreja de Nossa Senhora do Patrocínio -Templo católico de arquitetura barroca, construído em 1840 por iniciativa do casal Antônio e Ana de Sá. Tem planta regular, simétrica, nave única, corredores laterais. No altar, guarda várias imagens, todas moldadas em gesso, destacando-se as imagens de N. S. da Conceição, São Judas Tadeu, Santa Luzia, São José, Santo Antônio, N. S. das Graças, N. S. Aparecida e Padre Cícero.

Igreja do Menino Jesus de Praga - Templo católico, construído em 1905 por iniciativa de Dom Augusto Álvaro da Silva. Tem 800 metros quadrados de área construída e integra o sítio histórico da cidade. Em arquitetura gótica. Com torre central, abrigando o coro, capela-mor e sacristias. Frontispício marcado pela verticalidade, pilastras coroadas por pináculos e vãos de vergas ogivais. O altar-mor, revestido com mármore, guarda a imagem do Menino Jesus de Praga, trazida da França.

Museu Elísio Caribé - Fundado por Benedita Alves de Carvalho ("Sinhá" Dita), é aberto apenas uma vez por semana, geralmente às sextas-feiras à noite, ou quando solicitado previamente. Guarda, em seu acervo, peças como o batistério de Lampião; uma balança de pesar ouro; uma espada da Guarda Nacional; um bandolim do início deste século XX; uma pedra para pisar condimentos, supostamente usada pelos índios Cariris em 1800; castiçais de prata do início do século XX; fósseis e um documento iconográfico de 1704, ligado à Ordem Terceira de São Francisco.

Artesanato: Bordados e pinturas a óleo.

Festas: Entre as mais importantes da cidade, estão as festas da padroeira Nossa Senhora do Patrocínio, de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, de Santa Cruz (esta com exibição dos penitentes), carnaval e festejos juninos.

Serviços

Prefeitura/endereço:
Av. Cel. Caribe, s/n- Centro - CEP: 56.444-000
Telefone: (87) 3876-1156

Fórum/endereço:
Forum Joaquim Crispiniano Coelho Brandão
AV Cel. Jerônimo Pires, 820 - Centro - Cep: 56.440-000
Telefones: (87) 3876-1419 - (87) 3876-1332 - (87) 3876-1419

Câmara Municipal/endereço:
Av. Coronel Caribé, 266 CEP : 56.440-000
Telefone: (87) 3876-1410

Vereadores (11):
Acácio Murilo Eufrasio da Silva (PSB)
América Nogueira dos Santos (PSB)
Antônio Temistocles Marques de Carvalho (PRB)
Batista Cícero de Assis (PSB)
Henrique Marcula Lima (PSDB)
Joaquim Valdivino do Nascimento Júnior (PTB)
José Neto Maximiano da Cruz (PDT)
Leonardo de Carvalho Coelho (PP)
Lourivaldo Reis Dias (PSD)
Valdir Moreno de Souza (PSD)
Vanderlino Moreno (PTB)

COMPESA - POSTO DE ATENDIMENTO:
Rua Cel. Trapia, s/n – Centro.
Telefone (87) 3876-2930

CRAS:
Avenida Coronel Caribé, 137 - Centro
Telefone: (87) 3876-1636

CREAS:  
Rua Ibó,nº 35 - Centro
Telefone: (87) 3876-1190

IITB - INSTITUTO DE IDENTIFICAÇÃO TAVARES BURIL:
Av. Coronel Caribé, 266, Centro. Cep: 56.440-000 (Prefeitura).
Telefone: (87) 3876-1316

MINISTÉRIO PÚBLICO:
Av.cel.jerônimo pires,1443 - centro
Telefone: (87) 3876-2910/3876-2911

 

Powered by Bullraider.com

Parceiros

Publicidade

PE A-Z © Todos os direitos reservados

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco