curta nossa página no facebook / Like us at Facebook Entre em nossa comunidade do orkut / Join us at orkut Siga-nos no Twiiter / Follow us at TwitterSiga-nos no Linkedin / Follow us at LinkedInAdicione-nos em seu círculos / Add us at your circles

Di Melo

dimeloCom um único LP lançado em 1975, DI MELO retornou aos palcos com o mesmo vigor e potencial de um soulman trazendo em seu repertório os clássicos 'kilariô', 'se o mundo acabasse em mel' e 'má-lida' além de novas composições concebidas ao longo do seu hiato dos palcos, sendo algumas com o eterno parceiro, geraldo vandré.

Release:

“Eu, Roberto de Melo Santos, pernambucano, recifense, em arte Dimelo, venho desde cedo, me ramificando e perseguindo o rumo das artes, ou seja, nas áreas de canto, da composição, da poesia, do entalhe, da pintura e da interpretação. Me envolvo, me apego por inteiro e me entrego de corpo, coração e mente a tudo aquilo que me predisponho a fazer. Não sei se é um erro ou virtude, porém, de nenhuma outra forma que possa concluir eu consigo me ver diferente”.

Assim se define Di Melo, “Moto amante, errante, andante, mulherisficante, Violeiro, cancioneiro, nordestino-brasileiro.” Poucos conseguem explicar como o seu som ficou no anonimato por tanto tempo. O disco homônimo, seu primeiro e mais famoso álbum, é um dos mais originais da geração black da década de 70, sendo até hoje disputado em sebos por fãs e colecionadores.

Di Melo chegou em São Paulo nos fins dos anos 60, quando começa a tocar na noite paulistana. Em 1975, é lançado pela Odeon o disco que leva seu nome, e conta com a participação de Hermeto Pascoal e de Heraldo do Monte, o álbum teve canções com relativo sucesso, como a Kilariô. Sua redescoberta se dá na década de 90, por Dj..s ingleses, quando a música A vida em seus métodos diz calma aparece na coletânea “Blue Brazil Vol. 2”.

Considerado um dos artistas que mais próximo chegou a uma linguagem soul nacional, Di Melo nos brinda com muita desenvoltura e originalidade em seu disco homônimo.

Possui um montante de 400 músicas inéditas, lindas, balançadas, jazz, baladas românticas, pop, samba-rock, samba, bossa, enfim, todos os estilos para todos os gostos.

“Meu som não deixa nada a desejar para o que houve, há, e, haverá no mercado musical. Digo, repito, atesto, e, assino embaixo, sem medo de errar e sem falsa modéstia. É muito swing, balanço, molho, charme e malemolência, pois nem Santo Antonio com gancho consegue segurar.”

“Tudo isso por conta de um boato ou disse-me-disse que eu havia morrido de desastre de moto. Só que se esqueceram que eu sou imorrível”.

Informações:

Suellen Leal
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Sites:
www.dimeloimorrivel.com.br
www.myspace.com/robertodimelo

Powered by Bullraider.com

Parceiros

Publicidade

PE A-Z © Todos os direitos reservados

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco