curta nossa página no facebook / Like us at Facebook Entre em nossa comunidade do orkut / Join us at orkut Siga-nos no Twiiter / Follow us at TwitterSiga-nos no Linkedin / Follow us at LinkedInAdicione-nos em seu círculos / Add us at your circles

Batalha dos Guararapes

Batalhas que determinaram o fim do domínio holandês no Nordeste brasileiro, travadas, a 19/04/1648 e 18/02/1649, no Monte Guararapes, localizado ao sul so Recife, no povoado de Prazeres, atualmente um bairro do município de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife.

Nas duas ocasiões, os holandeses (que, anteriormente, já haviam perdido o primeiro grande confronto, a Batalha das Tabocas, saíram derrotados e teve início a debandada: com o Recife bloqueado por terra, quase todos os fortins já em poder dos reconquistadores (que tiveram à frente o comandante Martin Soares Moreno e os brasileiros João Fernandes Vieira, André Vidal de Negreiros e Henrique Dias, altos funcionários holandeses, civis e militares emigravam; os soldados desertavam; todos queriam fugir.

Vem o final de 1653 e só no Recife alguns holandeses resistiam, quando chega à costa pernambucana uma poderosa esquadra portuguesa, com 60 navios comandados por Pedro Jaques de Magalhães e pelo almirante Francisco de Brito Freire.

Com o bloqueio por mar e o assédio por terra, os holandeses se dão por vencidos e, a 26/01/1654, na Campina do Taborda, ao sul do Recife, assinam o termo de rendição, entregando a cidade e todas as fortalezas por eles levantadas no Nordeste brasileiro. Durante as batalhas, os holandeses estavam sob o comando de von Schkoppe.

Powered by Bullraider.com

Parceiros

Publicidade

PE A-Z © Todos os direitos reservados

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco