curta nossa página no facebook / Like us at Facebook Entre em nossa comunidade do orkut / Join us at orkut Siga-nos no Twiiter / Follow us at TwitterSiga-nos no Linkedin / Follow us at LinkedInAdicione-nos em seu círculos / Add us at your circles

Fábrica Peixe

A Indústria Carlos de Brito, conhecida como Fábrica Peixe, foi a primeira unidade industrial instalada no Nordeste. Fundada, no município de Pesqueira em 1898, por Maria da Conceição Cavalcanti de Brito (Dona Yayá) que decidiu investir na fabricação de goiabada caseira.

Em 1904, ela comprou tachos a vapor de fabricação inglesa e mecanizou a produção, contratando dezenas de operários. Em 1907, a Fábrica Peixe adquiriu um bonde e quatro troles para transportar matéria-prima e equipamentos.

Em 1910, recebeu, na Bélgica, o Grande Prêmio da Exposição Internacional de Bruxelas, consagrando-se como uma das maiores indústrias do Brasil. Produzia doces e creme de tomate.

Entre as décadas de 1940/50, entrou em decadência, permanecendo apenas como um monumento à prosperidade do passado. Em fevereiro de 1998, o Grupo Bombril-Círio adquiriu e iniciou sua recuperação. Mas, antes mesmo do final daquele ano, a 20/11/1998, a fábrica foi novamente fechada e todos os funcionários demitidos.

O grupo alegou dificuldades decorrentes da escassez de água na região e quebra na safra de matéria-prima. Na sua melhor fase, entre as décadas de 1910/1930, trouxe prosperidade ao município de Pesqueira que chegou a contar com aeroporto nacional, jóquei clube, revendedora de automóvel Ford e cinco jornais semanais.

A Peixe também fez surgir concorrência, representada pelas fábricas de doces Rosas, Tigre, Touro e outras. A Rosa, por exemplo, construiu uma vila operária, coisa rara na década de 40.

Powered by Bullraider.com

Parceiros

Publicidade

PE A-Z © Todos os direitos reservados

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco