formada com capital de comerciantes pernambucanos e empresários portugueses, principalmente de Lisboa e do Porto.

Tinha o objetivo de fortalecer as exportações de açúcar e outros produtos do Nordeste brasileiro. Foi extinta em 1780, depois que os pernambucanos acusaram a direção da companhia (cuja sede ficava em Lisboa) de cometer várias irregularidades e em nada contribuir para o fortalecimento da economia regional.