Atriz, produtora e diretora de cinema, Aurora Duarte (ou Diva Mattos Perez, seu nome verdadeiro) nasceu em Olinda, a 17 de abril de 1933. Ainda adolescente, atuou em programas de rádio em Pernambuco.

Em 1951, quando já integrava a Associação de Cinegrafistas Amadores do Brasil, realizou o documentário A Sereia e o Mar, do qual foi diretora e dona do papel principal. Era o começo de sua carreira de atriz.

Quando o cineasta Alberto Cavalcanti abre, em 1952, inscrições para selecionar atores para o filme O Canto do Mar, Aurora se inscreve e é aprovada. Com o sucesso de O Canto do Mar, rodado em Pernambuco, ela vai morar no Rio de Janeiro.

Como atriz, Aurora atuou nos seguintes filmes: A Sereia e O Mar (1951), O Canto do Mar (1954 ), Três Garimpeiros (1954), Armas da Vingança (1955), Fronteiras do Inferno (1958), Crepúsculo de Ódios (1959), A Morte Comanda o Cangaço (1960), Uma Negra Chamada Tereza (1973), Noites Paraguaias (1982).

Além de atriz, também atou como produtora de A Morte Comanda o Cangaço, dirigido por Carlos Coimbra.