Artista popular, Antônio Pereira foi o mais famoso animador de bumba-meu-boi em Pernambuco. Filho de um ambulante e uma doméstica, nasceu a 11/05/1889, em Timbaúba, de onde veio para o Recife com apenas dois anos de idade.

Pedreiro profissional, analfabeto, conheceu o bumba-meu-boi aos 17 anos, assistindo a um espetáculo no bairro de Areias, Recife, e desde então passou a desenvolver essa manifestação artística como atividade de final de semana.

Por muitos anos, foi o capitão do Boi Misterioso de Afogados (por ele criado em 1906) e, só a partir da década de 1970, quando se tornou conhecido no Japão e Estados Unidos, é que passou a ganhar algum dinheiro com seus espetáculos.

Em 1978 já não tinha condições de dançar e passou o comando do Boi para um dos seus quatro filhos. Foi personagem do filme "Bumba-meu-boi da vida", documentário de Fernando Monteiro sobre o Boi Misterioso de Afogados.

Foi praticamente o autor do livro "Apresentação do Bumba-meu-boi", do escritor Hermilo Borba Filho que teve apenas o trabalho de gravar várias apresentações do Boi Misterioso de Afogados e organizar o texto para publicação. O Capitão Antônio Pereira, como ficou conhecido, morreu no Recife, em situação de extrema pobreza.