Atriz pernambucana, Almery Steves foi a primeira mulher a trabalhar em cinema no Nordeste. Ao lado do ator Ari Severo (que era seu marido), participou de vários filmes da época do cinema mudo, sendo a grande estrela do Ciclo do Recife durante a década de 1920.

No filme "Retribuição", de 1923, interpretou uma moça que precisava de ajuda para desenterrar um tesouro. Em "Aitaré da Praia", representou uma adolescente dividida entre o amor de dois pescadores. Morreu em Olinda, a 24/12/1982.