Atriz e produtora teatral, Alcimar Vólia nasceu em 1952, na cidade de Cachoeirinha, Agreste pernambucano. Iniciou a carreira em Caruaru, no final dos anos 1960, com um grupo de jovens interessados em teatro amador.

Em 1970, participou do musical "Rua do Lixo, 24", de Vital Santos, retratando os problemas de uma família que sobrevivia catando comida num lixão. Na época, integrava o Grupo de Cultura Teatral, que logo ganharia destaque no País.

Entre os principais trabalhos da atriz destacam-se: "A Menor Pausa", "A Árvore dos Mamulengos", "O Sol Feriu a Terra e a Chaga se Alastrou", "Solte o Boi na Rua", "Auto das Sete Luas de Barro" e "Olha Pro Céu, Meu Amor", todos com texto e direção de Vital Santos, e pelo mesmo grupo que foi rebatizado duas vezes: Grupo Feira de Teatro Popular e Companhia Feira de Teatro Popular.

No teatro, a única participação de Alcimar Vólia fora do Grupo Feira foi em "Muito Pelo Contrário", sob direção de João Falcão, com a Skene Produções, peça que também chegou a circular pelo Brasil com o Mambembão. Alcimar morreu de câncer, em Olinda, onde morava, a 05 de janeiro de 2007.