curta nossa página no facebook / Like us at Facebook Entre em nossa comunidade do orkut / Join us at orkut Siga-nos no Twiiter / Follow us at TwitterSiga-nos no Linkedin / Follow us at LinkedInAdicione-nos em seu círculos / Add us at your circles

Bebidas - Cachaça

cachaca peazA Aguardente é uma bebida produzida em todo o mundo, no entanto seu nome varia de acordo com a matéria-prima utilizada e seu local de fabricação. No Brasil, denomina-se cachaça a aguardente feita a partir da cana de açúcar. De acordo com a legislação brasileira “Cachaça é a denominação típica e exclusiva da aguardente de cana produzida no Brasil, com graduação alcoólica de trinta e oito a quarenta e oito por cento em volume, a vinte graus Celsius, obtida pela destilação do mosto fermentado do caldo de cana-de-açúcar com características sensoriais peculiares, podendo ser adicionada de açúcares até seis gramas por litro”.

A fabricação da cachaça só foi possível com a instalação dos primeiros engenhos no Brasil. A espuma da primeira fervura do caldo da cana, que não tinha utilidade no processo de produção açucareira, era colocada em cochos ao relento para ser destinada à alimentação de animais. Nessas condições, o mosto facilmente fermentava e logo foi descoberto pelos trabalhadores escravizados, que começaram a apreciá-lo. Essa nova bebida ajudava a suportar o frio, dava ânimo para o trabalho na lavoura, além de ser um remédio para picada de cobra, reumatismo, sífilis e até saudade.

Pela semelhança com a bagaceira ou aguardente do Reino – bebida à base de uva, feita em Portugal –, foi batizada como aguardente da terra. E não demorou muito para que caísse no gosto dos senhores de engenho. Além das senzalas, a cachaça passou a estar presente também dentro das casas grandes, onde era apreciada pura ou como matéria-prima para licores.

Sua fabricação foi então aprimorada: passou a ser produzida com as borras do melaço da cana em detrimento do caldo e seu primitivo processo de fermentação foi substituído pela fermentação alcóolica, seguida de destilação em alambiques. Iniciaram-se, assim, as primeiras destilarias brasileiras. A primeira cachaça industrializada em Pernambuco foi a monjopina, do Engenho Monjope, em 1756. Foi nesse mesmo engenho onde D. Pedro II ficou hospedado em sua visita ao Estado.

Segundo o pesquisador Mário Souto Maior (2004), alguns apreciadores da bebida afirmam que, quando envelhecida em barril de madeira, a cachaça pega a cor e o sabor da madeira; já, envelhecida na garrafa, a cachaça fica mais pura e branquinha, somente com o sabor que ela tem.

Desde 2008, a cachaça é considerada patrimônio imaterial de Pernambuco através da Lei nº 13.606. O Estado abriga também o Museu da Cachaça, localizado no município de Lagoa do Carro – Zona da Mata Norte –, que possui o maior acervo de garrafas do mundo: no ano de 2008, eram 8.012, sendo 1.388 de marcas pernambucanas.

cachaca2 peaz

Fontes consultadas:

BRASIL. Decreto nº 6.871, de 04 de junho de 2009. Regulamenta a Lei no 8.918, de 14 de julho de 1994, que dispõe sobre a padronização, a classificação, o registro, a inspeção, a produção e a fiscalização de bebidas. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 05 jun. 2009. Seção 1, p. 20. Disponível em: <http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/2009/decreto-6871-4-junho-2009-588673-normaatualizada-pe.html.>; Acesso em: 01 jul. 2017.

CAVALCANTI, M. L. M. História dos sabores pernambucanos. 4.ed. Recife: Fundação Gilberto Freyre, 2010.

MAGALHÃES, C. Projeto de Lei Ordinária nº 575/2008. Ementa: Considera a Cachaça Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado de Pernambuco. Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco, Recife, PE, 23 mai. 2008. Disponível em: <http://www.alepe.pe.gov.br/paginas/?id=3598&;paginapai=3576&numero=575%2F2008>. Acesso em: 01 jul. 2014.

PERNAMBUCO, Lei nº 13.606, de 31 de outubro de 2008. Considera a Cachaça Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado de Pernambuco. Diário Oficial [do] Estado de Pernambuco, Recife, PE, 01 nov. 2008. p. 4.

SOUTO MAIOR, M. Comes e bebes do Nordeste. Recife: Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2004.

Powered by Bullraider.com

Parceiros

Publicidade

PE A-Z © Todos os direitos reservados

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco