curta nossa página no facebook / Like us at Facebook Entre em nossa comunidade do orkut / Join us at orkut Siga-nos no Twiiter / Follow us at TwitterSiga-nos no Linkedin / Follow us at LinkedInAdicione-nos em seu círculos / Add us at your circles

Iguarias - Tapioca

tapioca peazOs povos tupis foram os primeiros a explorar a mandioca e a extrair a sua goma: a tapioca é, portanto, uma iguaria de origem indígena. Trata-se de um tipo de beiju feito com a goma de mandioca seca.

 É preparada da seguinte forma: coloca-se a goma para assar numa vasilha rasa, circular para tomar sua forma, acrescenta-se coco ralado e cobre a preparação com uma fina camada da mesma massa. Revira-se para cozer o outro lado e dobra ao meio para servir em forma de semicírculo.

Mas a tapioca pode ter outros recheios e outras formas de apresentação, há quem prefira enrolar a tapioca em vez de dobrá-la. Também pode ser feita tapioca sem coco, bem sequinha, servida pura ou com manteiga, para acompanhar o café; ou, ainda, a tapioca molhada, feita com a mesma massa e banhada com leite de coco.

Quem vai ao alto da Sé, em Olinda, não pode deixar de apreciar uma tapioca feita na hora por inúmeras tapioqueiras com seus tamboretes e fogareiros. Lá, a receita tradicional é feita com coco e queijo de coalho. Por sua importância para a cultura, a gastronomia e o turismo de Olinda, ela é considerada patrimônio imaterial da cidade desde o ano de 2006.

 

TAPIOCA ENSOPADA

Ingredientes

Goma de mandioca
Coco ralado
Sal a gosto
Açúcar a gosto
Canela em pó a gosto

Preparo:

Leite de coco:

Coloque um coco ralado no liquidificador com 500ml de água morna e o açúcar desejado.
Bata bastante para retirar bem o leite do coco e coe com um pano.

Tapioca:

01. Peneirar a goma numa peneira fina, colocar sal e reservar.
02. Colocar uma assadeira para aquecer. Quando estiver quente, espalhar uma fina camada da goma peneirada sobre aassadeira e nivelar com uma colher.
03. Quando a tapioca começar a soltar da assadeira, enrole a tapioca feito um charuto e arrume num refratário.
04. Despeje o leite de coco por cima até cobri-la, polvilhe canela em pó e sirva quentinha.

 

Fontes consultadas:

CASCUDO, L. C. Dicionário do folclore brasileiro. 10.ed. Rio de Janeiro: Ediouro, 1999.

OLINDA. Olinda em títulos. Plano municipal de cultura. Disponível em: <http://www.olinda.pe.gov.br/pmc/consulta-publica/diagnostico-da-cultura/3-5-olinda-em-titulos/>;. Acesso em: 07 jul. 2014.

SOUTO MAIOR, M. Comes e bebes do Nordeste. Recife: Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2004.

 

Powered by Bullraider.com

Parceiros

Publicidade

PE A-Z © Todos os direitos reservados

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco