curta nossa página no facebook / Like us at Facebook Entre em nossa comunidade do orkut / Join us at orkut Siga-nos no Twiiter / Follow us at TwitterSiga-nos no Linkedin / Follow us at LinkedInAdicione-nos em seu círculos / Add us at your circles

Pontes

Ponte 12 de Setembro
Liga o bairro do Recife ao de São José e foi naugurada em 1923. Era giratória e foi construída para dar passagem aos trens que transportavam açúcar da zona canavieira do Estado para o Porto do Recife. Tempos depois, a ponte tornou-se obsoleta, sua maquinaria quebrou e, em 1971, ela foi substituída por uma outra ponte em concreto.

Ponte Buarque de Macedo
pontesTeve construção iniciada em 1882 e foi entregue ao público em 1890. Reconstruída em 1922, é a mais extensa ponte do centro do Recife. Substituiu uma outra existente no local, construída toda em madeira, em 1845.

Ponte D'Uchoa
Localizada à Avenida Rui Barbosa, foi construída em 1865 para servir como parada de trens urbanos (denominados Maxambombas) que circularam pelas ruas do Recife até 1915. Restaurada e tombada pelo Patrimônio Histórico, serve como parada de ônibus urbanos.

Ponte da Boa Vista
Liga a Rua da Imperatriz à Rua Nova, centro do Recife. Foi a segunda ponte construída no Recife, em 1643, durante o governo de Maurício de Nassau. A ponte começava em frente ao Palácio da Boa Vista e ia até o local onde atualmente está o Cais José Mariano. Em 1737, foi substituída por outra ponte, num local um pouco mais ao norte. Em 1815, nova ponte é construída no local, até que em 1874 tem início sua reconstrução. A nova ponte, existente até hoje, é inaugurada em 1876, tem estrutura metálica inglesa.

Ponte do Limoeiro
Liga a Av. Norte ao Cais do Apolo, Recife. Foi inaugurada em 1881, com objetivo de dar passagem aos trens da Great Western que faziam o transporte entre as cidades do Recife e Limoeiro e que seguiam para a Estação Central, que àquela época era na Aldeia do Brum. Com a desativação do transporte ferroviário, a ponte foi abandonada. Em 1966, foi construída, no mesmo lugar, uma nova ponte, para o tráfego de automóveis.

Ponte Duarte Coelho
Liga as avenidas Conde da Boa Vista e Guararapes, centro do Recife. Foi construída em 1884, totalmente em ferro, e inicialmente servia aos trens que se deslocavam para os subúrbios da cidade. Àquera era também conhecida como Ponte de Maxambomba (corruptela da expressão inglesa "machine pump", uma espécie de locomotiva). Em 1915, em seu lugar foi iniciada a construção de uma nova ponte, em concreto, que seria inaugurada em 1943 e que existe até hoje, servindo ao tréfego de veículos.

Ponte Maurício de Nassau
Liga a Av. Marquês de Olinda à Rua 1º de Março, centro do Recife. Sua construção foi iniciada em 1640, durante o governo do Conde Maurício de Nassau. Foi a primeira grande ponte construída no Brasil, assentada em pilares de pedra. A construção extrapolou as verbas destinadas à obra pela Companhia das Índias Ocidentais e o conde usou da esperteza para resolver o problema: divulgou que, durante a inauguração da ponte um boi iria voar e determinou a cobrança de pedágio, com isso arrecadando dois mil florins. Para que o povo (que pela primeira vez iria atravessar o rio Capibaribe por uma ponte) não se sentisse enganado e não se rebelasse, Maurício de Nassau "fez um boi voar". O truque é que o animal era empalhado e foi suspenso por cordas meticulosamente ocultas. A inauguração ocorreu a 28/02/1643. Em 1865, foi substituída por uma ponte metálica. Em 1917, deu lugar a ponte ainda hoje existente, em concreto.

Ponte Princesa Isabel
Liga a Praça da República à Rua princesa Isabel, centro do Recife. Inaugurada a 02/12/1863, projetada pelo arquiteto francês Louis Vauthier, o mesmo que projetou o Teatro Santa Isabel. À época, era denominada Ponte Pedro II.. Foi substituída pela atual ponte em 1943.

Ponte Velha
Liga a Praça Floriano Peixoto, Boa Vista, à Rua Velha, Cais José Mariano. Construída à época do Conde Maurício de Nassau, inaugurada em 1643. Em 1873 foi reconstruída, ganhando o nome de Ponte Nova. Outra reconstrução acontece em 1921, quando ela passou a ser chamada Ponte 06 de Março, data de sua inauguração. Esta última reconstrução teve como motivo a transferência da Estação Central Ferroviária da Aldeia do Brum para a Praça Floriano Peixoto.

Powered by Bullraider.com

Parceiros

Publicidade

PE A-Z © Todos os direitos reservados

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco